14 dicas para deixar o notebook mais rápido (de graça)

deixar o notebook mais rapido
Índice deste artigo

Deixar o notebook mais rápido? Sim, é possível!

O seu notebook ou PC anda lento? Então, acompanhe esse artigo que preparamos para você! São passos simples, mas que podem deixar qualquer notebook ou PC executando as últimas versões do Windows (11, 10, 8 ou7) mais rápido.

Você sente raiva, a cada minuto que passa em frente ao seu notebook, devido a lentidão em que ele opera? Então, está na hora de experimentar essas seguintes correções, gratuitas, para deixá-lo veloz novamente.

Quando o assunto é lentidão de uma máquina, ela pode acontecer gradualmente ou de repente, seja como for, trabalhar em um computador que está lento é, extremamente, frustrante.

Ainda que você seja muito exigente com a manutenção do seu PC ou notebook, é incrível como eles tendem a se tornar lentos. Se você utiliza as últimas versões do Windows e sente que o seu computador está lento, então este post é para você.

A boa notícia para você é, que não é necessário que você troque o seu PC. Com os passos que iremos listar aqui, é possível dar um grande upgrade no desempenho do seu computador. Através de alguns pequenos ajustes simples e algumas outras técnicas aplicadas, até mesmo o mais lento dos computadores pode voltar a ser veloz novamente.

Neste artigo, trouxemos 14 dicas que você pode colocar em prática para acelerar o seu PC ou Notebook utilizando o Windows 7, 8 ou 10.

Nesse artigo, focaremos apenas em questões relacionadas ao desempenho do sistema, ao invés das questões técnicas relacionadas à rede que você está utilizando neste momento.

Para ilustrar este artigo, escolhemos o Windows 10, para direcionar você com as capturas de tela. Entretanto, vale lembrar que todo e qualquer ajuste no Windows 7 e 8 podem ser realizados do mesmo modo, caso seja aplicável. Essas dicas são ótimas para deixar o notebook mais rápido. Vamos lá?

1) Desabilite os programas de bandeja, abertos no sistema.

Se a sua máquina está iniciando o funcionamento devagar, então é bem provável que ela está iniciando muitos programas ao mesmo tempo em que executa o Windows e, isso não é nada bom.

Os programas que estão na bandeja do sistema do seu computador, normalmente, continuam sendo executados enquanto ele é utilizado.

Para chegar a estes itens é fácil, basta clicar na seta, ao lado direito, próximo ao relógio, da barra de tarefas.

Caso haja algum programa que você não necessite em execução, é necessário clicar com o botão direito do seu mouse para fechá-los.

2) Pare todos os programas executados na inicialização

Assim como os programas em execução na bandeja, outros programas que são executados de maneira automática na inicialização podem dificultar o desempenho do seu computador. Pode ser que alguns você, realmente, queira executar, por exemplo, o antivírus, no entanto, outros podem não ter necessidade no momento.

Para resolver isso, é só clicar com o botão direito do seu mouse na barra de tarefas e selecionar o Gerenciador de tarefas ou, simplesmente, clicar em Ctrl-Shift-Escape para dar início. Após isso, vá até a aba Iniciar e, a partir daí será possível visualizar todo e qualquer item que será executado na inicialização do sistema, assim como o seu impacto.

Passe por cada um dos programas e veja quais não necessitam iniciar de modo automático.

Isso é uma tarefa muito benéfica para o desempenho da sua máquina, caso você possa desativar alguns programas de alto impacto. No entanto, é essencial notar que alguns destes aplicativos são essenciais para que o Windows funcione.

Um exemplo, são os programas com a Microsoft presente como o editor, certamente, é melhor deixá-los de lado. Caso não tenha certeza, é melhor não mexer nele ou, simplesmente, fazer uma pesquisa rápida no Google para saber um pouco mais a respeito do programa em questão.

Quando for desativar, é só clicar em Desativar com o botão direito do mouse. Mas, lembre-se não se trata de desativar o programa de modo definitivo e, sim por ele estar sendo executado na startup.

No Windows 7: Ao invés de acessar o Gerenciador de Tarefas, é necessário procurar pela Configuração do Sistema.

3) Atualize o seu Windows, aplicativos e drivers

Você, certamente, já deve ter ouvido falar que manter um software sempre atualizado é uma excelente ideia para a sua segurança, não é mesmo? Além de ser verdade, isso pode ajudar o desempenho da sua máquina.

O Windows enviará, de maneira automática, notificações quando tiver alguma atualização disponível. Sendo assim, para que o desempenho do seu computador melhore, basta não adiar as atualizações.

Caso tenha perdido alguma atualização, é sempre possível checar. Vá até a aba Iniciar e depois até Configurações. Logo depois, basta ir até Atualizações & Segurança > Atualizações do Windows.

Os drivers e aplicativos também devem ser atualizados, não só o Windows. Vale lembrar novamente, que isso é bom para a segurança e para o desempenho do seu computador. Caso, ache que perdeu alguma atualização importante, uma boa pesquisa no Google pode apontar qual versão você deve utilizar.

4) Exclua todos os arquivos desnecessários

Os computadores, assim como os armários e gavetas tendem a ficar desordenados. Apesar de você não ver essa “bagunça” no seu computador, é necessário que você saiba que ela está lá e impacta de modo negativo no seu desempenho.

Isso ocorre, sobretudo, se você utiliza muitos arquivos grandes, com imagens de resolução alta, com arquivos de áudio e vídeo diariamente.

Aprenda a liberar espaço, mantendo o hábito de excluir, semanalmente, pastas e arquivos e claro, esvaziando a lixeira depois da limpeza semanal. Ao fazer isso, com regularidade, você estará familiarizado com o que está nas pastas e arquivos e não se preocupará em excluir algo importante por engano.

Dica importante: Os HDDs, de modo geral, funcionam em sua velocidade máxima até quando atingem cerca de 90% da sua capacidade total. Por isso, caso verifique que o espaço que você está utilizando está acima desses 90%, é sinal de que isso está deixando o seu computador lento.

Os SSDs diminuem a sua capacidade de maneira mais gradual à medida em que são utilizados (enchem), por esse motivo é bom ficar de olho. O recomendado é não preencher mais do que 75% da sua capacidade. Sim, deixar o notebook mais rápido é possível.

5) Encontre os programas que estão consumindo recursos

Caso descubra que o seu computador está ficando mais lento, de modo significativo, é bem provável que exista um programa específico que seja a causa. Sendo assim, um modo simples de identificar o vilão, é entrar no gerenciador de tarefas e encontrar o programa responsável por consumir seus recursos.

Para isso, basta clicar com o botão direito do seu mouse na sua barra de tarefas e selecionar o Gerenciador de tarefas. Logo após, é só clicar em  Mais detalhes  para saber todas as informações sobre os programas que estão sendo executados, naquele determinado momento, em seu computador. Nesse caso, ele deve mostrar a aba Processos  por padrão.

Nesse sentido, é possível clicar em cada um dos cabeçalhos, para classificar a lista dos aplicativos que estão em uso (de maneira particular). Caso precise fechar qualquer coisa, tente fechar primeiro a aplicação real. Se a tarefa não for fechada, volte ao Gerenciador de tarefas, depois clique com o botão direito no aplicativo e selecione a opção End.

Já no Windows 7: Ao invés de acessar o seu Gerenciador de Tarefas, procure a Configuração do Sitema.

6) Ajuste as opções de energia do seu computador

O Windows possui diversos Planos de energia já predefinidos a fim de atender suas necessidades. Sendo assim, o plano padrão vem definido como Balanced, que sempre leva em consideração o consumo de energia e o seu desempenho. No entanto, o consumo de energia só é uma preocupação se a bateria do seu notebook está descarregando ou se você deseja manter a conta de energia barata. Do contrário, você pode mudar o plano de energia da sua máquina.

Tal qual o seu nome sugere, o plano denominado de Alto Desempenho é uma excelente opção para o seu computador que está funcionando lentamente.  Apesar desta opção utilizar mais energia, ela ajuda o seu computador a ficar mais rápido, uma vez que ela tende a favorecer o desempenho.

Além das opções que o Windows oferece, você pode criar o seu próprio plano. Para isso, basta ir até o Painel de controle > Opções de hardware e > de Som e depois é só clicar em Criar um plano de energia. Agora, é só escolher o plano que você deseja iniciar, logo em seguida digite um nome que lhe agrade para o novo plano de energia e clique em Next.

Isso realmente não afetará a velocidade do seu computador, mas se você entrar em configurações avançadas de Energia do Change, você pode fazer mais ajustes que terão um impacto. Nos planos mais básicos, estão inclusos o tempo em que a tela fica ligada e o tempo até o computador entrar em stand by. Essa modalidade não afeta, de modo algum, a velocidade do computador. No entanto, se você for até Configurações avançadas de energia Do Change, é possível fazer outros ajustes que mostrarão algum impacto.

7) Desinstale os programas que você não utiliza

Muitas são as vezes que instalamos programas enormes e pesados sem considerar o tanto de espaço que eles ocupam. Se esse for o seu caso, basta desapegar um pouco e, desinstalar os programas que você não pretende mais utilizar. Esse é um passo importante para deixar o notebook mais rápido.

Ainda que seja um programa de uso corriqueiro, se for realmente pesado, vale a pena reinstalar apenas quando precisar utilizá-lo.

Para isso, vá até Programas e Recursos > > em Painel de Controle.

Em seguida, vá até os programas instalados e decida quais deseja desinstalar. Caso não tenha certeza, você pode utilizar algum mecanismo de busca para descobrir mais sobre os programas. Nesse sentido, você pode utilizar o PC Decrapifier para auxiliá-lo a descobrir qual programa é bom e qual é ruim.

8) Ligue e desligue recursos do próprio Windows

Quando estiver em Programas e Recursos, é possível que você queira identificar se existe componentes do Windows que você não necessite mais. Nesse caso, selecione Ativar recursos do Windows ou Desativar e surgirá uma lista de componentes.

9) Execute uma limpeza no disco

O Windows possui uma ferramenta integrada com a função de limpar aquilo que é acumulado ao longo do tempo. Para acessá-la, basta ir até o Sistema de > do Painel de Controle e Ferramentas Administrativas de> de Segurança e selecionar Limpeza de Discos da lista.

Nela, é possível selecionar quais arquivos você deseja descartar e logo depois clicar em OK. A seguir, vá até Limpar arquivos do sistema. Em seguida, escolha os arquivos que você deseja remover do sistema.

Caso prefira não fazer isso de modo manual, existem softwares que estão disponíveis no mercado para ajudá-lo nessa tarefa. Um exemplo, é o Lolo System Mechanic que detecta e remove arquivos simultaneamente para que você fique dispensado de fazê-lo.

Softwares como estes possuem diversos recursos para aumentar o desempenho de um computador ou notebook, tais como: limpar o histórico de navegação, melhorar os processos de aplicativos e desfragmentação, assim como otimizar configurações.

10) Desfragmente o seu disco rígido

Ao longo do tempo, os arquivos presentes no disco rígido do seu notebook podem ficar fragmentados.

Com isso, o seu computador precisa verificar em diversos lugares todas as peças, assim ele pode funcionar de maneira mais lenta. A expressão “desfragmentado” pode soar exagerada, no entanto, significa basicamente levar esses arquivos de volta onde o seu sistema possa funcionar de modo mais adequado.

Ocorre que, o Windows 10, 8 e 7 já realizam essa tarefa em um cronograma pré-estabelecido. Esse cronograma é colocado em prática uma vez na semana, no entanto é possível que o usuário entre e o execute manualmente caso suspeite que existe algum problema.

Primeiramente, é necessário perceber que só é preciso fazer isso caso o computador utilize um HDD – Disco Rígido Mecânico Tradicional. Uma SSD – Unidade de Estado Sólido – possui um funcionamento diverso de um HDD, e não possui necessidade de desfragmentação. Caso você possua ambos, desfragmente somente o HDD.

Vá até O Meu Computador e em seguida clique no disco rígido Windows (C:). A seguir, vá até Propriedades > Ferramentas e depois vá até Unidade de Otimização e Desfragmentado e selecione Otimizar. Esse é um dos segredos para deixar o notebook mais rápido.

11) Ajuste ou desabilite os gráficos e animações

Algumas das versões mais recentes do Windows possuem muitos gráficos, e isso inclui animações como é o caso dos efeitos de desbotamento e flyouts. Tudo isso é muito bom, pois faz com que o programa tenha um ar mais sofisticado e elegante, no entanto isso pode deixar o seu computador mais lento.

A notícia boa é que é muito fácil ajustar as configurações e economizar muito do poder de processamento que o seu computador possui. Para isso, vá até o sistema > do Painel de controle e depois > de Segurança > Configurações avançadas do sistema. Logo após, vá até a seção de Desempenho, e selecione Configurações, aqui você terá a lista completa com todas as opções. 

Nesse caso, é possível selecionar a opção Ajustar para melhor desempenho, – e isso irá remover todo e qualquer efeito visual – ou você pode optar por retirar alguns de modo individual. Trata-se de uma questão de preferência, no entanto desbotamento e sombra são apenas algumas das funções que você certamente viveria sem.

No Windows 7 procure por informações e também por ferramentas relacionadas ao desempenho, clique em Ajustar efeitos visuais e utilize a guia de Efeitos Visuais.

12) Verifique se existe algum malware

Malware, ou software malicioso, é um termo muito utilizado para descrever todo e qualquer programa malicioso que possa causar algum dano a sua máquina. Ele pode vir de diversas fontes e, isso inclui links em e-mails, anúncios ou até mesmo downloads de programas. Muito mais do que causar danos de modo permanente em seu sistema operacional, alguns Malwares podem tornar o seu computador extremamente lento. Essa dica certamente irá deixar o notebook mais rápido

Ter em seu computador um bom antivírus pode ser de grande ajuda para proteger contra as ameaças oferecidas por um malware ou quaisquer outros malefícios. Alguns deles são gratuitos e estão disponíveis na web, completamente grátis.

Nós, aqui do Dica Útil, recomendamos fortemente o Avira, gratuito, que analisa e remove todo e qualquer malware e isso inclui diversas ferramentas de manutenção.

Com ele é possível que os seus dados fiquem protegidos e o seu computador acelere de modo simultâneo.

Ainda nesse sentido, caso esteja disposto a pagar um pequeno valor por um bom antivírus, por aqui recomendamos McAfee, TotalAvou ou Norton.

Caso note que o malware esteja afetando o seu PC ou notebook, é possível verificar se ele usa algum scanner como é o caso do Zemana Antimalware. Logo após isso, é possível removê-lo utilizando alguma ferramenta de remoção.

13) Desativar o Cortana

O assistente virtual do Windows 10, o Cortana, é um excelente recurso, que utiliza diversos recursos e que pode representar certa ameaça à privacidade. Ele costumava ser removido bem facilmente, no entanto nas versões mais atuais, é um pouco mais difícil. Entretanto, caso esteja disposto a realizar uma edição de registro do seu sistema, saiba que isso é plenamente possível.

14) Atualize o seu hardware

Caso você tenha tentado todos os passos que listamos acima e, não tenha percebido alguma mudança significativa é sinal de que está na hora de investir algum dinheiro em sua máquina. Considere:

  • Adicionar um SSD: Enquanto HDDs ofertam mais espaço por um preço muito baixo,  investir em um SSD pode fazer com que o seu computador funcione de maneira muito mais rápida.
  • Adicione ainda mais RAM:

Caso tenha um sistema antigo, pode ser que ele tenha pouca memória para executar os programas mais recentes de modo eficiente. Sobretudo, se você utiliza diversos programas ao mesmo tempo, pode ser que não haja tanta memória com acesso aleatório (RAM) como esperado para que sua máquina desempenhe da melhor maneira possível. Instalar um novo Kit RAM pode lhe fornecer uma dose de desempenho extra.

Mais algumas dicas úteis para deixar o notebook mais rápido

Tudo indica que não é só o seu sistema operacional que anda deixando as coisas lentas. Alguns hábitos podem contribuir para que ele fique lento de modo geral.

Para melhorar o desempenho do seu computador siga as seguintes dicas:

  • Pode parecer até meio óbvio, mas a sujeira que se acumula pode deixar o seu computador mais lento. Limpá-lo fisicamente pode mudar as coisas, deixando-o ele mais rápido e evitar que ele superaqueça.
  • Remova as extensões do navegador que você não utiliza: Manter extensões que você não utiliza, pode dificultar a sua vida. Por isso, é sempre válido fazer algumas limpezas nas extensões.
  • Utilize uma extensão de salvamento para a memória: Quanto às extensões, existem opções bem populares que incluem Auto Tab Discard e New Tab Suspender, que podem reduzir a utilização de memória das guias abertas.
  • Reinicie seu computador regularmente: Muitas vezes tudo o que você precisa fazer é reiniciar o seu computador e permitir que algumas atualizações funcionem adequadamente e que os programas presos possam voltar a funcionar.
  • Execute menos programas ao mesmo tempo: Tal qual as multitarefas podem ser prejudiciais ao nosso rendimento, executar diversos programas ao mesmo tempo pode reduzir a velocidade do seu computador. Por isso, mantenha o hábito de fechá-los ao invés de minimizá-los.
  • Reinstale o sistema operacional na sua máquina:  Caso tenha tentado de tudo, mas ainda se encontra com problemas, um recurso derradeiro pode vir a calhar, uma nova instalação do Windows.

Mantenha as coisas funcionando sem problemas

Após limpar o seu computador, utilizando as dicas que foram passadas aqui você, certamente, desejará manter o bom funcionamento do seu computador. A fim de evitar qualquer frustração em relação ao desempenho da sua máquina agende uma limpeza com determinada frequência e utilize nossas dicas como norte e verificação e o seu PC ganhará fôlego novamente.

Boas opções de notebook para estudo, trabalho e jogos.

Conclusão:

Gostou das nossas dicas para deixar o notebook mais rápido? Então, sinta-se à vontade para compartilhar o nosso conteúdo com seus amigos e familiares. Ah, e não se esqueça de deixar um comentário caso tenha alguma dúvida.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Sobre o autor

Facebook
LinkedIn
Twitter
Felipe Martins
Estrategista Digital

Mineiro, entusiasta da tecnologia e amante das artes. Trabalho com Internet Marketing desde 2010. Sou dono da Agência SNR e fundador do Blog Dica Útil. Você pode falar comigo pelo email [email protected]

Publicidade

Destaques

Publicidade
Compartilhe essa dica com alguém