Como abrir um MEI em 5 passos simples

como abrir um mei
Índice deste artigo

Passo a passo para abrir um MEI

Como abrir um MEI, seja por oportunidade ou necessidade, muitos brasileiros veem o modelo de Micro empreendedorismo (MEI) como uma forma de iniciar um negócio ou formalizá-lo — mais de 10,7 milhões já.

Somente em 2020, o número de solicitações de MEI foi de 2.663.309, um aumento de 8,4% em relação a 2019.

Se você está pensando em se tornar um membro e quer aprender como abrir uma MEI, continue lendo e confira um guia passo a passo fácil para ajudá-lo a iniciar seu negócio ou até mesmo escritório de contabilidade.

MEI, ou Microempreendedor Individual, é um modelo de negócio simplificado para quem deseja iniciar um negócio ou para freelances que desejam iniciar formalmente um negócio.

Como abrir um MEI?

Uma dúvida recorrente entre potenciais microempreendedores são os requisitos mínimos para abrir um MEI. Na legislação brasileira, todos têm o direito de abrir um MEI desde que atendidos alguns requisitos básicos.

Para migrar para MEI, você deve conhecer algumas condições:

• Renda anual de até R$ 81.000;

• empregar até 1 funcionário;

• exercer uma das mais de 400 atividades econômicas permitidas pelo MEI (ver lista completa).

• por outro lado, não podem ser MEIs:

• Menores não liberados menores de 18 anos ou menores de 16 anos;

• estrangeiros sem visto permanente;

• pensionistas e funcionários públicos;

• Profissionais que exerçam atividades regulamentadas por determinados grupos profissionais (por exemplo, médicos, psicólogos, advogados, arquitetos, jornalistas e economistas) por serem considerados profissionais autônomos e não exercerem atividades comerciais.

1. Faça um cadastro no portal de serviços do governo

Após verificar a viabilidade da campanha, o próximo passo é criar uma conta de acesso no Portal de Serviços Governamentais. Quem já se inscreveu pode pular direto para a terceira etapa.

O cadastro no portal do governo é rápido e fácil. Para criar uma conta, basta selecionar uma das opções disponíveis no portal – por exemplo, o aplicativo meu gov.br ou utilizar seus dados pessoais e confirmar seu cadastro.

2. Faça o cadastro do MEI no Portal

Após criar uma conta, o próximo passo é abrir o MEI no Portal do Empreendedor. Nesta etapa, você precisa inserir os dados da sua conta Gov.br e autorizar o acesso pelo Portal do Trader.

Portanto, além de cadastrar um número de celular, para receber os códigos por SMS, você também precisará preencher os dados do Imposto de Renda e do Cadastro de Eleitor. Tudo isso é necessário para demonstrar que você atende aos requisitos para abertura do MEI.

Todo o processo é totalmente gratuito, online e leva apenas alguns minutos. Não há porque ter dúvidas sobre como abrir um mei.

3. Escolha o nome fantasia

Na quarta etapa, o futuro MEI deve, na medida exigida pelo governo local, fornece a razão social de sua empresa, selecionar o setor em que a atividade será desenvolvida e garantir a regularidade da atividade.

Vale lembrar que não existem regras específicas para a escolha de nomes extravagantes. Os empreendedores podem escolher nomes mais sofisticados que acreditam ser os mais adequados para seus negócios.

Observe que se o nome da empresa já for usado por outra empresa, o registro não será verificado e a MEI será responsável por escolher um nome exclusivo para sua empresa, registrando em cartório.

4. Defina o seu endereço do MEI

Como complemento, o quinto passo para a abertura do MEI é informar onde o serviço está rodando, seja em casa, no endereço comercial ou na porta de sua casa.

Os empresários devem acordar e assinar uma cláusula de discrição e responsabilidade que tenha efeito de alvará de funcionamento, declarando que são responsáveis ​​pelo cumprimento de todos os requisitos legais de negócio sem supervisão de uma autoridade pública.

5. Como abrir uma MEI: Quais são os custos para abrir um MEI? 

Todo o processo de abertura de uma posição MEI é 100% gratuito e seguro, e não há cobrança para a abertura de uma posição. Por isso é tão importante estar no site do Portal do Empreendedor, que cuidará da sua segurança e não cobrará taxas adicionais.

No entanto, para ser regular, o MEI deve pagar uma taxa mensal fixa (chamada Documento de Arrecadação do Simples Nacional ou DAS MEI) dependendo da atividade.

Esses valores variam de acordo com o tipo de negócio realizado da seguinte forma:

• Comercial ou Industrial R$ 53,25;

• 57,25 reais para prestação de serviços;

• Negócios e serviços 58,25 reais.

Ressalta-se que esses valores são destinados à previdência social e impostos específicos para cada atividade e são reajustados anualmente pelo reajuste do salário mínimo. Gostou dessa dica de negócios sobre como abrir um MEI? Compartilhe!

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Sobre o autor

Facebook
LinkedIn
Twitter
Felipe Martins
Estrategista Digital

Mineiro, entusiasta da tecnologia e amante das artes. Trabalho com Internet Marketing desde 2010. Sou dono da Agência SNR e fundador do Blog Dica Útil. Você pode falar comigo pelo email [email protected]

Publicidade

Destaques

Publicidade
Compartilhe essa dica com alguém